Mercy Zidane: Junho 2007

sábado, 2 de junho de 2007

Greve Não É Férias

O que eu tinha dito no post anterior se concretizou: a Unesp de Bauru entrou em greve.
Ainda bem! Eu ficaria com vergonha se o maior campus da Unesp se mantivesse omisso quando um governante fere frontalmente a autonomia universitária.

Depois da assembléia em que os estudantes decidiram entrar em greve (na segunda-feira), foi formado o movimento Greve Não É Férias, que pretende fazer com que a discussão sobre a greve não morra. Dividimo-nos em comissões (comunicação, ética, finanças e atividades) e começamos a montar a programação da greve estudantil.

Realizamos muitas atividades (grupos de discussão, quarta na 54, quinta no bosque, oficinas, festa junina), fomos para o ato do dia 31 de maio em São Paulo, criamos um blog e nos aliamos a professores e funcionários.

Eu achava que o número de pessoas seria pequeno, mas a primeira assembléia depois da greve contou com cerca de 170 pessoas, um número significativo. Acredito que o movimento está no caminho certo e sua força está crescendo.

Segunda-feira tem uma nova assembléia para definir as próximas atividades do movimento, às 18h.

Entrem no blog Greve Não É Férias!