Mercy Zidane: Abril 2008

quarta-feira, 23 de abril de 2008

A demora para postar

Quando uma pessoa tem um blog, é necessário que ela o alimente com novos conteúdos seguindo uma certa freqüência. Esse período precisa ser mais ou menos fixo para acostumar os leitores que postam comentários.

O foda é quando você não pode postar na periodicidade certa por algum motivo específico.

Mano, dá uma preguiça do cão postar num blog depois que você não escreve nada nele há umas 3 semanas. Às vezes você tenta até se enganar, esquecendo de propósito que tem um blog e que ele clama:

-Poste em mim!

Até que chega um dia em que você decide acabar com o sofrimento e posta qualquer merda que vem à cabeça.

Como eu faço agora.
________________________
Metalinguagem: esse post é uma metalinguagem, porra!

terça-feira, 1 de abril de 2008

O começo de semestre mais agitado dos últimos quatro anos

Começo de semestre de um estudante de jornalismo da Unesp é sinônimo de moleza, festas, cervejadas, papos-furados num buteco, aluguel de filmes, etc.

Depois a coisa vai engranando, começam os projetos paralelos, os cursos, os trabalhos.

Mas neste ano, depois de ter construído vários projetos ao longo da faculdade, chegou a hora de passá-los para frente. Ou seja: é preciso organizar a engrenagem inicial para a máquina do semestre começar a girar. E isso, meu filho, dá um trabalho desgraçado.

É reunião de diretoria da rádio pra cá, reunião geral para lá, reunião do Ferradura, do PICU, do DCE, é cartaz para treinamento dos bixos, cartaz para o cursinho dos técnicos, slide para apresentação, cartaz para assembléia do RU, e-mail avisando das reuniões, congresso de professores de jornalismo, pôster para o congresso, intercom, inscrição no intercom, pagamento do intercom, paper do intercom.
E fora isso, um monte de gente perguntando um monte de coisa para você, o tempo todo.

O pior é quando você para para ver tudo o que você fez: só burocracia. Nada que tenha feito você aprender algo interessante.

Enfim, é um trabalho chato, duro, mas alguém tem que fazê-lo para que as futuras gerações continuem os nossos projetos de extensão (e quem sabe para nós ganharmos prêmios, algo interessante para quem não faz estágio, com orgulho - diga-se de passagem -, como eu).
E ainda tem TCC, tem Raiz Social, tem Mutretas (vejam o vídeo abaixo)!
_______________

Metalinguagem: tudo isso para justificar os vários dias que não posto neste blog.